CERTIFICADOS ONLINE

No período de 1 e 2 de abril de 2011 acontecerá no Centro de Convenções Frei Caneca, São Paulo – SP, o I Simpósio Brasileiro sobre Meningites Bacterianas.

Meningite Bacteriana

Durante dois dias, especialistas e pesquisadores estarão discutindo os principais aspectos da meningite bacteriana: Epidemiologia, Diagnóstico, Tratamento e Prevenção. No Brasil, de acordo com as estatísticas do Ministério da Saúde, cerca de 40% dos pacientes com meningite bacteriana morrem e 30% dos sobreviventes ficam com sequelas. As principais sequelas incluem: paralisia cerebral, epilepsia, danos cerebrais, doença renal, surdez, amputações de membros e atraso no desenvolvimento. Por tratar-se de uma doença de evolução muito aguda, a rapidez na introdução do tratamento específico determina o sucesso deste e influencia o prognóstico do paciente, reduzindo as possiblidades de sequelas. Essa rapidez depende do esclarecimento laboratorial do diagnóstico, estabelecendo o agente causador e, por estas razões, é fundamental a existência de testes diagnósticos tão rápidos quanto seguros para identificação dos agentes etiológicos da meningite bacteriana. Além dos benefícios ao paciente, como introdução mais ágil da terapia específica, melhor prognóstico e redução do risco de sequelas neurológicas, o rápido esclarecimento do caso reduz consideravelmente os custos com tratamento e o tempo de hospitalização.