Consulte a Programação Preliminar

 

A conferência de abertura será ministrada pelo Professor de Microbiologia, Imunologia e Infectologia Arturo Casadevall, M.D,. Ph.D. Chefe do Departamento de Microbiologia e Imunologia do Albert Einstein College of Medicine of Yeshiva University – The Bronx, New York.

 

Eventos paralelos:

 

Consulte a programação do ISME 2011

Introduction

Latin America has a rich cultural heritage mixed with heavy influence from the colonization by Portugal and Spain. The region is characterized by social-economic inequalities, nevertheless is undergoing steady development. Brazil is a South American country with continental dimension and an economy under sustainable growth. The country exercises a peaceful natural leadership in the region, thus offering a friendly atmosphere to stimulate productive dialogues and collaboration among the countries, as happened with the Mercosur block. Brazil has several important biomes which host ca. one fifth of the world biodiversity. Ambitious public policies had been applied to preserve Brazilian biological resources. Biotechnology and the bio-economy have been considered priority for governmental investments through concerted actions to achieve sustainable development. Agro-ecological practices are stimulated and the country has the greener energetic matrix in the world, preserving close to half of the territory. In this scenario, Microbiology experienced strong development with the relevant input of international cooperation. The main meeting in Microbiology (CBM) sponsored by the Brazilian Society for Microbiology has typically more than 2500 participants. Microbial Ecology and related areas have expressive growth among Brazilian microbiologists, especially after 1995, when ISME was held in Santos, São Paulo. The national Environmental Microbiology meeting (ENAMA) is in its 12th event, attracting more than 300 participants. The last ENAMA was held in Manaus in2010, stimulating ecological research in the Amazon region. Scientific Societies have a pivotal role on the promotion of communication, particularly of novel findings and of stimulating fruitful cooperation among researchers. We are convinced that this proposal for the Latin America ISME Symposium 2011 is a highly relevant initiative to help promote Microbial Ecology in Latin America and will stimulate the exchange of ideas and cooperation among the participants. One good sign of success is the engagement and supportive enthusiasm of our colleagues from the region and abroad. Latin America ISME Symposium 2011 is proposed to be part of the Brazilian Congress of Microbiology (CBM) to be held in Foz de Iguaçu, near the border with Paraguay and Argentina, a touristic area with tropical forests and one of the most beautiful water falls in the world. The Hotel Rafain and Convention Center has excellent facilities. Several flights a day connect Foz do Iguaçu to major Brazilian international airports.

In order to promote Microbial Ecology and ISME throughout Latin America we wish to foster and grow the relationship between all of these countries for research and teaching in Microbial Ecology.
ISME will foster coordination of the discipline via this meeting; and market and promote the meeting through all relevant Microbiology Societies across Latin America.
There will be a session entitled ‘Microbial Ecology in your Country’, for each ISME Ambassador to describe their activities and how they would work together across Latin America.
ISME will offer to sponsor three young scientist poster prizes and will judge and present these prizes.

 

Consulte a programação do 2º ENAPROM

Prezado colega

.......A SBM está promovendo o 2º Encontro Nacional de Professores de Microbiologia (ENAPROM), que será realizado em Foz do Iguaçu durante o 26º Congresso Brasileiro de Microbiologia – CBM-2011, no dia 02 de outubro de 2011.
.......Todos nós sabemos que, tradicionalmente, a MICROBIOLOGIA é um dos alicerces das profissões ligadas à área da saúde, como medicina, biomedicina, veterinária, farmácia, enfermagem, nutrição e biologia. No entanto esse campo hoje ampliou-se muito, com a área industrial, ambiental entre outras. Tanto na pesquisa quanto no ensino, precisamos de microbiologistas preparados e motivados para se dedicar de forma competente a esta ciência e colaborar para o seu avanço, participando ativamente da construção de uma sociedade mais justa, na qual os benefícios do conhecimento científico sejam, cada vez mais, percebidos e acessíveis a todos. Essa construção só pode ser feita com um ensino de qualidade que alie as modernas tecnologias aos conceitos mais sólidos da didática. E esse é um caminho que enfrenta um cenário em constante mudança: em poucos anos, tecnologias transformadoras como a Internet e os celulares mudaram a paisagem e o panorama do ensino; vastos contingentes de classes sociais menos favorecidas que antes apenas sonhavam com ensino superior hoje estão sentados em bancos de faculdades; e escolas privadas se alastraram pelo país, representando hoje mais de 80% do ensino superior brasileiro. Mudanças rápidas, que exigem atenção especial e espírito ágil para lidar com elas.
.......Nesse contexto, promover a difusão de ideias e estabelecer critérios cada vez mais científicos e fundamentados constituem parâmetros essenciais para que a área de ensino da microbiologia possa evoluir, contribuindo efetivamente para formação de profissionais dessa área específica e de todas suas áreas correlatas. Como nos preparar para esse desafio? Convidamos você a refletir conosco sobre essas questões, partilhando suas experiências e buscando coletivamente propostas e soluções possíveis. Sua contribuição é muito importante!
.......Ajude a construir um futuro melhor: participe do 2º ENAPROM.

 

Consulte a programação do Simpósio Internacional de Bactérias Láticas

Simpósio Internacional de Bactérias Láticas

.......O Congresso Brasileiro de Microbiologia tem a honra de oferecer aos congressistas nos dias 5 e 6 de outubro um simpósio internacional sobre um grupo cada vez mais importante de microrganismos: as bactérias láticas. Além de utilizadas na produção de alimentos fermentados e probióticos, estas bactérias têm inúmeras outras aplicações, como fabricação de vacinas, conservação de alimentos, prevenção e tratamento de doenças intestinais, alergias e outras disfunções, etc. O simpósio contará com a participação de dezoito conferencistas estrangeiros, da França, Holanda, Alemanha, Itália, Canadá, Eslovênia, Inglaterra e Argentina, que abordarão os mais recentes avanços na área. Haverá também apresentação oral dos oito melhores trabalhos submetidos ao congresso que tenham as bactérias láticas em sua temática.

 

APOIO